Vitória do Brasil que quer continuar progredindo

Vitória do Brasil que quer continuar progredindo

Em Porto Alegre (RS), o Largo Zumbi dos Palmares ficou pequeno para a comemoração. Foto: Tatiane Pires

Em Porto Alegre (RS), o Largo Zumbi dos Palmares ficou pequeno para a comemoração.
Foto: Tatiane Pires

O futuro do Brasil estava em jogo ontem: com o PSDB de Aécio, de Serra, de Alckmin e de tantos outros estão o retrocesso, o preconceito, o desemprego e uma ideologia política que já faliu o país quando o tucano Fernando Henrique Cardoso foi presidente; com o PT de Dilma, de Lula e da militância que não se cala estão projetos como Mais Médicos, Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, Ciência Sem Fronteiras, ProUni, FIES e uma ideologia política que não tolera a ideia de que haja alguém passando fome, alguém sem oportunidades.

A eleição deste ano acabou e o Brasil tem mais quatro anos de progresso e desenvolvimento à frente. Mas o trabalho militante não para jamais. Com o Congresso mais reacionário já eleito desde 1964, segundo estudo do DIAP[1], o trabalho à frente é gigante para fazer reforma política, regulação econômica dos meios de comunicação (como há em países como EUA, Inglaterra e França, só para ficar em alguns países que os coxinhas amam tanto), reforma tributária e tantas outras. Para a necessária virada à esquerda no segundo mandato da presidenta Dilma, nós precisaremos lutar com muito mais ânimo e coragem contra os impérios midiáticos.

Àqueles que despejaram seu preconceito contra as regiões Norte e Nordeste, saibam o Brasil todo votou Dilma. Quem espalha asneiras sobre divisão das regiões, não só dá recibo de indigência intelectual, como também comete crime de preconceito[2].

muda-mais-votos-2014-segundo-turno

A vitória de Dilma foi a vitória do povo brasileiro em toda a sua abrangência, diversidade, pluralidade, regionalidades.[3]

A quem votou Dilma, o futuro do Brasil continua em nossas mãos, depende do nosso trabalho. Não pararemos! Ainda há muito a fazer!

[1] Pragmatismo Político » Brasil elege Congresso mais conservador desde 1964
[2] Lei 7.716 Art. 1º: “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.”

2014-10-27T18:40:34+00:00 outubro 2014|Opinião|

Deixar Um Comentário