Violência obstétrica – a voz das brasileiras

Violência obstétrica – a voz das brasileiras

marcha-do-parto-em-casa-porto-alegre-2012

Uma em cada quatro brasileiras sofre violência no parto.
(Fundação Perseu Abramo, 2010)

Violência física com analgesia administrada incorretamente, rompimento artificial da bolsa, episiotomia e outras intervenções realizadas sem o conhecimento ou contra a vontade da parturiente; violência psicológica com a negação de um acompanhante (direito garantido pela Lei nº11.108, de 07/04/2005), atendimento desumano por médicos e enfermeiras. Essas são algumas das agressões à que estão expostas as mulheres que vão aos hospitais para o nascimento de seus filhos.

Chorei a dor dessas mulheres ao assistir este documentário.

Mais informações no blog Cientista que virou mãe.
2016-10-04T23:58:34+00:00 novembro 2012|Opinião|

Deixar Um Comentário