Tecnologia para decidir lances polêmicos

Tecnologia para decidir lances polêmicos

20100930_esporte-480x319

A tecnologia é uma grande aliada do esporte, com diversas aplicações: do desenvolvimento de roupas e equipamentos que contribuem para melhorar a performance ou para dar mais conforto ao atleta, à utilização da computação gráfica para modelagem e simulação dos movimentos humanos em análises biomecânicas, por exemplo.

Outra aplicação é auxiliar técnicos e árbitros ao tomar decisões, minimizando as falhas humanas. Na fórmula 1, possivelmente o esporte mais tecnológico, o desempenho dos carros é medido por meio da telemetria; mesmo após as provas, pode ocorrer punição dos pilotos, caso se verifiquem irregularidades.

Há mais de dez anos, utilizam-se replays para tirar dúvidas sobre lances no futebol americano. Para que a partida não seja interrompida desnecessariamente, os árbitros analisam os lances durante as paradas técnicas enquanto as equipes recebem orientações; cada time tem direito a dois pedidos de revisão.

Basquete, natação, rugbi e tênis também contam auxílio do com vídeo. No basquete, por exemplo, as imagens são utilizadas para determinar se um arremesso foi feito antes do cronômetro zerar e para tirar dúvidas sobre a posição dos pés em arremessos de três pontos. No vôlei, também é utilizado um chip na bola.

Para o futebol, há várias propostas: replays, chip na bola e chip nas caneleiras dos jogadores, por exemplo. A utilização ou não desses recursos depende do que será decidido em outubro pela International Football Association Board. Acredito que já está na hora de trazer o futebol para o Século XXI; de árbitros a torcedores, todos serão beneficiados.

Publicado no blog centauromulher.com em 30/setembro/2010.

2010-10-02T01:02:17+00:00 outubro 2010|Blog Centauro Mulher|

Deixar Um Comentário